sábado, 21 de março de 2009

Penas da Discórdia, ou não...

Acabo de ler aqui, em matéria da Ciência Hoje on-line, um belo exemplo de como a ciência e suas teorias caminham por trilhas tortas, mas sempre em frente. Foi descoberto na china um exemplar fóssil de uma nova espécie de dinossáuro, batizado de Tianyulong confuciusi, que possuía estruturas semelhantes a penas. As pesquisas indicavam que as penas surgiram na linhagem de dinossauros que deu origem ás aves, os Saurischia, entretanto a nova espécie descoberta integra outro grupo, os Ornithischia, que não têm parentesco com as aves.

Esta descoberta poderia ter acabado com a antiga hipótese se não fosse a plasticidade garantida pelo método científico. Nas palavras de Hai-Lu You, pesquisador da Academia Chinesa de Ciências Geológicas e um dos autores do artigo que descreve a nova espécie: “Esses filamentos preenchem a lacuna do estágio inicial de evolução das penas, mesmo que compliquem as interpretações anteriores sobre esse assunto”.

Ou seja, não há impedimento em rever as ideias e propor novas hipóteses para o surgimento das penas, esse é o grande trunfo da ciência, não ser determinista. Não é porque uma hipótese consagrada cai que toda uma teoria despenca junto, pelo contrário, o desafio continua e novas hipóteses surgirão. Surgiu uma peça nova do quebra-cabeças - que, inclusive, tem mais peças faltando que do que presentes -, mas seu lugar no plano geral continua a ser um mistério e sua posição, possivelmente, deverá alterar a disposição de peças já encaixadas.

A despeito disso, a evolução continua sendo o mecanismo mais provável a gerar a biodiversidade no planeta e as penas das aves tiveram origem nos répteis do cretácio.

10 comentários:

Rosângela Maria disse...

È baseada justamente nesta fala sua:
"Não é porque uma hipótese consagrada cai que toda uma teoria despenca junto, pelo contrário, o desafio continua e novas hipóteses surgirão. Surgiu uma peça nova do quebra-cabeças - que, inclusive, tem mais peças faltando que do que presentes -, mas seu lugar no plano geral continua a ser um mistério e sua posição, possivelmente, deverá alterar a disposição de peças já encaixadas.", que fico a me perguntar por quê os criacionistas são impedidos de mostrar sua hopóteses.

Diga uma coisa: É justo os colégios serem impedidos de trazerem em seus livros a "HIPÒTESE" criacionista?
E os que trazem dão um espaço mínimo e não falam a essência, falam as dúvidas... Eu analiso isso há tempos...e olha... a coisa é muito tendenciosa. Muito.

Yuri Amaral disse...

Deveria ser ensinado nas escolas Tolerância Religiosa. Não uma cientificação de ideias religiosas.

Me desculpe, mas acho que você não entendeu. A evolução é fato, amplamente aceita e é à luz dela que se discute a origem das espécies no planeta. O criacionismo propõe outra forma de ver o mundo, sob a ótica do objetivismo, não é um novo fato que surgiu de evidências coletadas no mundo real, mas sim velhas ideias procurando aceitação num local onde ela dominou por séculos e foi afastada, a ciência.

Não há evidência de manipulação na história de vida do planeta - até surgir o homem, pelo menos. O criacionismo não é ciência. Não há publicações em revistas especializadas, não é sequer considerado uma área de estudo. Portanto não deve ser ensinado como ciência. Quem quiser vai a uma igreja e aprende sobre a biblia ou outro texto religioso. Você já reparou qual a editora que publicou o livro do Adauto? Ed. FIEL! Porra, quer mais o que? duvido que ele consiga publicar suas idéias em editoras universitárias ou científicas.

Mesmo na possibilidade do criacionismo ser uma hipótese e estar sendo investigado - como é -, para ser ensinado em escola há necessidade de comprovação, aceitação, consenso na comunidade científica. E isto não há.

Rosângela Maria disse...

Eu também duvido que ele consiga editar porque a intolerância, por ex, da USP com os criacionistas abeira medo deles mostrarem uma realidade que está cada dia mais clara. Há uma hostilidade tão grande para com o criacionismo, que não há espaço para que criacionistas( que nada tem a ver com religião, isto é um equívoco)pelo menos tenham a chance de mostrar a Teoria. Sâo mais de 100 cientistas criacionistas e nem todos são religiosos e nem todos crêem em Deus. Não estamos falando aqui que Criacionismo é a verdade e que Evolucionismo é mentira. Estamos aqui dizendo: Os cricionistas tem o direito de mostrar sua teoria baseada em ciencia sim. Criacionismo não é religião. Este é o jargão usado por evolucionistas para deterem os criacionistas. Isto não é justo. Todos tem o direito de ter todas as leituras e chegarem as suas conclusões. E a bronca tanto passa por nivel psicológico que você já está partindo para intolerância.

Rosângela Maria disse...

Espera aí???? Você está dizendo que Evolucionismo é Fato? Tem certeza que foi isso mesmo que você disse? Evolucionismo não é mais uma teoria? É um fato???? Yure... acorda! Olha bem o que você disse... Você acabou de dizer que Evolucionismo é um fato. O fato é que Evolucionismo é uma Teoria. Isto sim, é um fato.Uma teoria científica não vira fato porque uma comunidade diz que é fato. Tem que haver COMPROVAÇÂO.

Dá para você explicar isto melhor? Onde está escrito e comprovado que TEORIA da Evolução é um fato?

Yuri Amaral disse...

Existem inúmeras comprovações da evolução na natureza. Isso foi comprovado in vitro e in situ. Diversas vezes.

A ecologia experimental trata disso a todo momento. Veja estes artigos de divulgação científica: http://cienciahoje.uol.com.br/137896

Rosângela, eu nunca disse que evolução é uma teoria. É um fato. Os mecanismos (seleção sexual, natural e deriva genética) é que estão sendo investigados em busca de padrões estatísticos. A teoria é: teoria da evolução das espécies PELA SELEÇÂO NATURAL. E como homero já esplicou em outro comentário: teoria não é 'palpite' ou 'hipótese'.

O que são 100 cientistas? Só no brasil são 200.000!! Isso que o brasil não contribui nem com 1% da produção mundial. Naõ estou querendo dizer que sou o ban-ban-ban - tenho apenas curso de graduação completo -, mas você não diz coisa com coisa. por isso você era criticada no urgente!

Não há perseguição contra criacionistas. As discussões são sempre no campo da filosofia, não há evidências de interferência de algum ente superior que dite a organização do universo. A não ser que você acredite - é isso que os crentes fazem, 'acreditam', não?

Qual é seu medo? De descobrir que não existe ceu e inferno? Que os pastores recolhem grana pra enriquecer, em vez de lotear o paraíso? O inferno e o paraíso estão na terra. E o mais próximo do apocalípse são os problemas ambientais e sociais.

Quanto à minha suposta intolerãncia: não sei de onde tirou isso. Ao meu ver você está se fazendo de vítima: "Há uma hostilidade tão grande para com o criacionismo, que não há espaço para que criacionistas( que nada tem a ver com religião, isto é um equívoco)pelo menos tenham a chance de mostrar a Teoria.", ora, na academia a todo momento idéias novas são propostas e sabatinadas pela comunidade científica. Boas teorias perduram ao longo do tempo, teorias insustentáveis viram chacota. Procure saber mais sobre epistemologia e história da ciência...

Rosângela disse...

OK, estava fora da internet. Só hoje, agora, retornei. Acabei de ler. Entendi tudo.Podemos então dialogar aqui. Um abraço.

Rosângela disse...

Espera um pouco, Yure, olha o que você diz:

"Qual é seu medo? De descobrir que não existe ceu e inferno? Que os pastores recolhem grana pra enriquecer, em vez de lotear o paraíso? O inferno e o paraíso estão na terra. E o mais próximo do apocalípse são os problemas ambientais e sociais."

Yure, eu não tenho medo, porque o amor lança fora o medo.
O que tem a ver a gente discutir CIENTIFICAMENTE evolucionismo x criacionismo com esta sua fala? Não entendi.

Yuri Amaral disse...

Não tem nada a ver. As vezes a emoção fala mais que a razão. Foi o caso.

Oraculo disse...

Recomendação de leitura para entender porque a evolução não é "apenas" uma teoria, mas sim uma teoria "científica, o que significa algo bem diferente do uso comum do termo teoria (como "palpite"):
http://bulevoador.haaan.com/2009/03/apenas-uma-teoria/

Recomendação apenas para quem deseja "entender" não serve para quem quer continuar apenas a "acreditar", claro..:-)

Yuri Amaral disse...

Muito bom o texto, oraculo!

Valeu pela dica...