terça-feira, 9 de setembro de 2008

Estudantes da UENF na luta pelo bandejão



Hoje, ás 17h, estudantes da UENF se reuniram em frente ao prédio do Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias (CCTA) para um panelaço em prol do Restaurante Universitário (bandejão), antiga bandeira da categoria. A ALERJ já liberou o dinheiro (R$ 5 milhões) que se encontra na conta da universidade, mas a licitação foi indeferida pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e corre o risco de ter de ser devolvida aos cofres do estado, caso a licitação não seja aprovada na próxima tentativa.



O bandejão é crucial para assegurar que alunos carentes, provenientes do sistema de cotas, principalmente, consigam permanecer na cidade de Campos e concluir o curso. Atualmente a UENF apresenta elevados índices de evasão estudantil, que em alguns cursos chega a mais de 50%. A universidade não conta com alojamento e as bolsas oferecidas estão defasadas em pelo menos 40%.



A manifestação percorreu todos os centros da UENF e a cada prédio atravessado mais estudantes foram se juntando ao grupo. O último prédio visitado foi o da reitoria (E-1), quando os manifestantes foram até a sala de espera para se encontrar com o reitor Almy Júnior. Quase 100 alunos estavam presentes de forma que não couberam todos na ante-sala. Almy chegou a falar em público, tentando acalmar os estudantes e dizendo que o atraso na liberação da verba fazia parte do processo e que uma hora ou outra o R.U. sairia. Mas a bem da verdade é que ele está em um aperto. Se a licitação não sair a UENF corre o risco de ter de devolver a grana pro estado, e aí: bye bye bandejão...



Em protesto, os estudantes acamparam em frente ao prédio da reitoria, numa forma de pressionar a alta administração da universidade e o TCE a acelerarem o processo de licitação das obras. O acampamento resistirá até pelo menos a reitoria tornar as negociações mais transparentes para a universidade e mostrar interesse em colaborar com o movimento, que pleiteia ainda paridade nas eleições e nas instâncias deliberativas da instituição e implementação de uma política de apoio aos estudantes carentes, como a construção do alojamento estudantil, tendo em vista a elevada especulação imobiliária aos arredores da UENF atribuída as repúblicas estudantis, que fez com que o aluguel ficasse muito caro, principalmente quando alugado a alunos da universidade.



Deixo aqui todo meu apoio aos estudantes que lutam por essa causa justa. Sou ex-aluno da UENF mas me sinto fazendo parte dessa universidade, sonhada por Darcy Ribeiro, idealizada por Leonel Brizola e planejada pelo Oscar Nyemayer. o bandejão é minha bandeira também, e mesmo já estando formado ficarei muito feliz no dia que comer no bandejão!

Agora é: ACAMPAR E RESISTIR!!

Fotos: Yuri Teixeira Amaral

Creative Commons License
This obra by Yuri Amaral is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at www.dendrito.blogspot.com.

10 comentários:

edu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
edu disse...

Parabéns pelo ato e sucesso na luta!

Juliana Tavares disse...

Mandou bem com o post, Yuri!!!
Acampar e resistir!
Bandejão Já!!!

Anônimo disse...

mandou nas fotos! isso que é fotojornalismo :D

rodrigo

Yuri Amaral disse...

manifestante com câmera!
é o auto- jornalismo, com parcialidade total dos fatos...

david santos disse...

Tem que se lutar. Estar parado é andar para trás, quando não é morrer.
Parabéns.

Danielle Brandão disse...

Boa Yuri! Muito bom seu trabalho de cobertura aqui! Dou apoio também!
Beijo!

Danielle Brandão disse...

Manifestação com câmeras faz parte do projeto do CMI, Centro de Mídia Independente, que pretende mostrar pro mundo todo o outro lado das manifestações, fora o sensasionalismo que muitos veículos de imprensa fazem.O que é vergonhoso, convenhamos..
Parabéns de novo!
=o]

Millena Lízia disse...

Bacana o texto no cmi tb. E que cara de sem graça que aparece lá o reitor em uma das fotografias. Putz...

Yolanda disse...

Parabéns Yuri. A manifestação foi muito boa, as fotos refletiram o clima de luta e também animaçao da galera pra continuar...
quem puder divulgar o acampamento, que inclusive é anterior a ocupaçao da UERJ.
acampar e resistir é o lema!