sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Bar do Gordo

Todo dia 21 blogueiros ligados à Rede Blog publicam sobre um tema escolhido através de votação no Urgente! O tema escolhido esse mês foi: os melhores botequins de Campos.

Como eterno ‘uenfiano’, não poderia deixar de citar o ‘Trayler e Pizzaria do Cláudio’, vulgo ‘Bar do Gordo’. O boteco - digo, trailer - fica na Avenida Alberto Lamego em frente à entrada de pedestre da UENF. Não sei exatamente há quanto tempo o bar está lá, mas é conhecido por qualquer aluno da universidade, desde o Ciclo Básico Comum - quando a UENF ainda seguia as diretrizes sugeridas por Darcy Ribeiro.

Atualmente têm sido o reduto das bandas de rock e blues da cidade e, alguns dizem, ocupa o espaço que o Bicho André preencheu alguns anos atrás. Bandas de forró já alegraram a galera lá e recentemente teve o ‘Meu Peixe Funk Festival’, fazendo alusão à expressão ‘Meu Peixe’ que o Gordo fala direto.

O local ainda oferece duas mesas de sinuca e transmite jogos do mengão pelo Premier Futebol Clube. Mas o atrativo mesmo é o preço da cerveja, geralmente abaixo da concorrência (fica mais caro em dia de show).

Como fica na saída da universidade somos sempre convidados a tomar ‘aquela gelada’ depois de uma aula ou da labuta no laboratório. Geralmente as sessões do Cineclube Alternativo (que já já estará de volta) terminam lá - e o debate em uma pilha de garrafas de cerveja em cima da mesa...

Outros bares

Antes do fim gostaria de mencionar dois bares que me fazem falta. O menos importante é o Bar do Estranho, que apesar dos pesares, quebrava um galho legal no fim de noite, quando todos os outros já estavam fechados. O outro, na verdade, não deixou de existir, se mudou: Terapias Bar. Nada contra a decisão consciente de Ângela e Assis em se mudar da conflitante esquina ‘onde o vento faz a curva’. Mas que faz falta, faz. Ainda bem que Frederico Alvim registrou histórias do lugar em um documentário durante a disciplina de Antropologia, do curso de Ciências Sociais da UENF. Se eu tivesse uma cópia, disponibilizaria aqui.

2 comentários:

Millena Lízia disse...

Oh! Quero ver esse doc do Terapas antigo...O pessoal do cineclube tem que pesquisar isso aí e exibir também, claro. Temos que valorizar a produçãolocal...rs

Deeva Breu disse...

Visite o novo blog da cidade!
http://apintacampista@blogspot.com